Elementais - Visão geral #1

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017


Terra, Fogo, Ar, Água...

Olá, amigos estudiosos, como estão? Espero que todos bem e envoltos nas bênçãos dos guardiões e dos deuses. Bem, como essa singela apresentação dos elementos da natureza, só faltou o locutor dizer:

“O nosso mundo está em perigo, Gaia – o espírito da Terra – não pode mais suportar a terrível destruição que impeça o nosso planeta. Ela mandou cinco anéis mágicos, para cinco jovens especiais"... (Desenho: Capitão Planeta - anos 90).

Okay, além de entregar a minha idade trazendo a abertura do desenho animado Capitão Planeta, também existe o fator de que o tema em questão, Elementais e sua Energia, já vem nos rondando há algum tempo – se você tem a mesma faixa etária que eu, certamente vai se lembrar da animação, e, se não tiver, basta colocar no YouTube para conferir.


Enfim, agora, deixaremos de lado o desenho animado, vamos aprender um pouco mais sobre os Elementos (energias vitais) e seus guardiões, os Elementais (ou Elementares). Esses, sempre presente ao nosso redor, sendo visíveis ou invisíveis, físicos ou espirituais, zelando e agindo pela proteção do nosso planeta e de toda vida que nele há.
Os estudos dos Elementais vêm desde as antigas civilizações, e evoluiu com o passar do tempo. Até hoje, ainda é tema para dedicarmos nossa atenção e aprendermos um pouco mais. E para que fique ainda mais próximos do nosso cotidiano, temos a cultura indígena, ensinamentos de um povo sábio que carrega essa crença e respeito por gerações.
Tudo bem, agora deve surgir aquela pontinha de dúvida, algo como: Quem ou o quê são os elementais?
Os elementais são os guardiões, os protetores de cada elemento da natureza, e como já foi dito acima, zelam, estão em constante movimento para manter o equilíbrio e a harmonia do planeta. Eles são seres evoluídos de energia e que possuem formas e características humanas.

Os elementais da Terra são chamados de Gnomos ou duendes, um fator cultural, tanto que há pessoas que acreditam que são criaturas diferentes umas das outras, como também há quem acredite ser apenas nomenclaturas, logo, tratando-se do mesmo ser mágico. Eles são os guardiões do quadrante Norte, responsáveis por toda composição da matéria, a sobrevivência da terra, alimentos, solo, a vida, corpo humano... responsáveis também pelas ações da natureza, o desabrochar de uma flor ou, até mesmo, um destrutivo terremoto! Seu co-criador (ou seja, quem divide com os deuses a autoria da criação do elemento terra e de tudo que há nesse reino) é o Dragão Grael, e o príncipe desse quadrante é Ghob.

Os elementais do Fogo, as Salamandras, guardiões do quadrante Sul, são os responsáveis pela ação e portento de tal elemento, estão presentes na elevação da temperatura do nosso corpo, do clima da Terra, nas ações da natureza – queimadas em locais que muitas vezes não tem acesso ou quase nulo do homem –, nos vulcões ativos ou no simples acender de uma vela. Seu co-criador e rei é o Dragão Fafnir, e o príncipe desse quadrante, o Senhor das Salamandras, é Djinn.

Os elementais do Ar, Silfos e Sílfides, guardiões do quadrante Leste, responsáveis pela nossa respiração, o ar que infla nossos pulmões e que faz todo o milagre da vida, aquela brisa suave que surge quando menos esperamos a nos refrescar e que quase sempre vem com aquela famosa exclamação: “Ai, que ventinho bom!” Já na ação da natureza, são os impetuosos furacões e tufões que por onde passam destroem tudo. São seres de grande intelecto, criativos e altruístas, portanto, se você tem uma ideia e precisa amadurecer alguns itens, clame pela presença deles para ajudar no estudo desse plano. Seu co-criador e rei é o Dragão Sairys, e seu príncipe é Peralta (também chamado de Veron por muitos).

Os elementais da Água, Ondinas, guardiões do quadrante Oeste, responsáveis pelo sangue que corre em nossas veias, pelas lágrimas e todos dos fluídos do nosso corpo. Na natureza, aquela simples garoa até a tempestade, os maremotos e tsunamis, são suas ações visíveis aos nossos olhos. Porém, levando ao ponto do invisível, temos as emoções, os turbilhões de pensamentos e sensações à flor da pele. Seu co-criador e rei é o Dragão Naelyon, e seu príncipe é Nicksa.

Claro que aqui temos uma leve apresentação do todo, como se fosse aquela fagulha de fogo no rastro de pólvora para os nossos estudos/conhecimento, pois falaremos de cada Elemental separadamente nos próximos posts.
Já separem as anotações, perguntas, informações para compartilharem, porque mergulharemos com afinco e vontade nesse assunto. Até mais...


Leia também:

Elementais da Natureza: Terra #2
Elementais da Natureza: Fogo #3
Elementais da Natureza: Ar #4


Caso tenha alguma dúvida ou precise de conselhos particulares, fale conosco:
dragoesdaluanegra@gmail.com

Abençoados sejam!









*Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. A reprodução parcial ou total deste texto está terminantemente proibida e é protegida por lei*.

0 comentários:

Postar um comentário